9 de jul de 2007

Você sabe O Segredo?


Incrível o alcance que esta tendo o livro e filme O Segredo. Uma verdadeira febre.
A mais ou menos uns oito meses atrás, enquanto ainda morava na Itália, encontrei no blog de uma amiga a indicação do filme. Fiquei super curioso e resolvi procurar nas locadoras. Não encontrei nada, então pensei: “Deve ser um filme muito novo e deverá chegar primeiramente aos cinemas e depois nas locadoras”. Li alguns outros artigos na internet e acabei esquecendo o assunto. Passado algum tempo e já de volta ao Brasil, fiquei impressionado com a repercussão que o livro/filme estava tendo. Entro numa livraria da cidade e qual a minha surpresa havia duas gôndolas enormes logo de entrada cheias do livro, um programa da popular Oprah Winfrey contava todos os participantes do filme, emails enormes, correntes, enfim, o assunto virou uma febre.
Quero falar aqui a respeito da incrível capacidade dos caras em construir grandes movimentos, neste caso de mídia e economia, com a simples reinterpretação de uma lei muito simples que acredito ser aquela que rege o universo – a da ação e reação - e que todos nos já sabemos que existe. O filme na verdade fala da lei da atração, ou seja, você tem a capacidade de atrair para si tudo aquilo que deseja, basta simplesmente controlar a qualidade de seus pensamentos. Quanto melhores forem seus pensamentos, melhores serão seus resultados.
Criei uma enorme expectativa em assistir o filme e quando o assisti confesso que fiquei um pouco desapontado. A “poderosa” lei da atração desenvolvida pelo filme e teorizada pela física quântica, é, na minha opinião, uma reinterpretação de uma outra lei do universo newtoniano muito mais simples e antiga que todos temos presente. Como disse anteriormente, a ação e reação. Você já deve ter ouvido coisas do tipo: dê bom dia ao entrar no elevador, dê um sorriso antes de começar um diálogo, seja gentil, tolerante, enfim, assumir uma postura positiva diante da vida – é certo. Dificilmente você vai receber uma resposta agressiva ao dirigir-se gentilmente em um colóquio. Esta postura acaba desencadeando uma série de ações positivas que retornarão positivas na mesma intensidade. Tudo que você faz com positividade passará a receber de forma positiva, e na mesma intensidade, o que acaba criando um ambiente de prosperidade. E isso vale pra tudo. Somos o que pensamos, nossos pensamentos determinam nossas ações, nossas ações constroem nosso mundo. Temos a capacidade de moldar a nossa vida da forma que queremos.
Acho que apesar do livro ter uma estratégia hollywoodiana na abordagem do tema e na estratégia de marketing, a sua intenção é positiva - construir uma vida melhor, mesmo que seja a do sonho americano. Penso apenas que o filme faz uso de uma conduta que já conhecemos mas que talvez não acreditemos no seu poder.
Na minha opinião Este é O Segredo.

5 comentários:

Jujuba disse...

Crisssssssssss... sabe quem tá escrevendo??? Duvidooooo...
Bem, adorei seu texto... Ouvi falar faz pouco tempo do tal do livro/filme, então não tenho muito a dizer. Mas pelo o que vc falou, parece uma coisa meio "A corrente do bem". Já viu né?
Bom... Beijos!!!!

Marcos, conviva disse...

Cara, legal teu ponto de vista, mas acho que há uma pequena diferença: a lei da ação-reação diz mais respeito a um ato (uso do arbítrio), enquanto a lei da atração se refere ao nível mental, do desjo: tu desja, acontece, sem sua interferência direta. Tenho dito!!!!!!

Turiassu disse...

Dei uma boa olhada no livro estes dias atrás, sinceramente não gostei.
Me parece uma jogada de marketing baseada na filosofia do ganhar dinheiro fácil, ou seja, pense que ficarás rico e isto acontecerá. Não que isso não possa acontecer, mas sempre que alguém vier oferecendo alguma coisa que se ganhe dinheiro fácil, devemos desconfiar. Também não vi no livro um começo, meio e fim, ele é repetitivo e baseia-se na opinião de "pseudo-cientístas" que falam muito sobre física quântica e tal, porém sem profundidade acadêmica ou científica. Bem, se o livro servir de bom para alguém que ler, ótimo. Mas na minha concepção não passa de mais uma capa bonita nas prateleiras das livrarias.

Abração.

Turi

Cristian G. Moz disse...

Exatamente Turi, talvez nao frisei o suficiente no texto, mas o quis dizer a respeito do assunto vai bem de encontro com teu comentário. É uma coisa que todo mundo sabe, mas os caras aproveitaram um momento em que tem muita gente a procura da receita do sucesso para ganhar uma puta grana... muito bom. Tenho que acchar um nicho destes...

Turiassu disse...

É isso aí Cristian...

abraço.