10 de jul de 2007

O Poder da persuasão - PARTE 1

Vejam bem! Eu que ao longo do tempo me gabava do meu poder de persuasão sobre as pessoas, certa vez, tomei uma dose do meu próprio remédio!
Decidi que não queria mais passar horas na frente do computador esperando meus e-mails ser baixados e resolvi então me render aos encantos da Internet Banda Larga!
O motivo era nobre! Ficava em torno de duas horas por dia tentando baixar os e-mails, sim. Quando eram muito pesados, deixava para o final de semana ou tentava de madrugada. Sem contar que a minha mãe, neste meio tempo, me perguntava algumas vezes se podia usar o telefone e eu lá, na frente daquela tartaruga de muletas dizendo:
– Só mais um pouco mãe, já está acabando!
Isso quando ela não pegava o telefone para fazer uma ligação sem me perguntar e caía a conexão. Sem falar da conta no final do mês. Pelo valor de pulsos excedentes, parecia até que eu estava participando daquelas promoções que premiam quem fica mais tempo conectado.
Feitas as contas e chegado à conclusão de que valia a pena adquirir a tal da Internet Rápida, passei para a segunda fase que era a escolha da Operadora de Telefonia e do Provedor. Como se, na época, tivesse escolha na operadora! Um amigo, dono de loja de informática, me aconselhou a escolher o provedor da própria operadora, explicando que seria menos burocracia!
A partir desse momento, comecei minha maratona para a compra da tão sonhada Internet Rápida!
Liguei primeiro para a operadora de Telecom e confirmei a disponibilidade da Internet banda larga para a minha área. Tudo Ok! Decidi por um dos planos que me foram oferecidos. Aproveitei uma promoção de contrato de fidelidade e prontamente transfeririam a ligação para o provedor deles a fim de que eu pudesse tratar da aquisição do modem e do serviço. Aliás, coincidência ou não, foi a primeira e última vez que consegui que me transferissem direto da operadora para o provedor. Depois daquele dia não foi mais possível realizar essa operação.
Vamos em frente! Conversei com uma das Patrícias, Denises, Elisabeths e outras tantas que viriam a me atender posteriormente! Fui informado que ali também tinha promoção!
Siiiiim! Adquirindo o modem com eles eu pagaria somente 10 reais mensais pelo serviço do provedor ao invés dos 19,90 usuais. Isso durante o primeiro ano. A diferença de 9,90 seria o valor que deveria pagar pelo modem nas mesmas doze vezes! Ótimo!!
Meus problemas começaram quando eles acabaram de vender tudo!! A partir daí, cada vez que telefonava, tinha de explicar por que era eu quem estava ligando se o telefone estava no nome da minha mãe:
– Querida, minha mãe é uma senhora de 63 anos! Ela não se interessa mais por Internet, na realidade ele nem sabe muito bem o que é isso. Quem comprou isso fui eu!
Sem contar que, a partir desse momento, até eu poder navegar de verdade na minha Internet Banda Larga, se passaram uns dez dias no mínimo!! Minha mãe já andava meio desconfiada de me ver tanto tempo pendurado no telefone, falando com tantas mulheres!!
Já estava pós-graduado em técnicas de como persuadir operadoras de tele-sei lá o que! Sabia que, se não conseguisse o meu objetivo da primeira vez que ligasse, era só esperar um pouco, ligar novamente, falar com outra atendente e pronto, resolvia meu problema! Quer dizer, um dos meus problemas! Já estava até dando dicas aos meus amigos de como eles procederem ao ligar para um 0800 e que não deveriam desistir antes de conversar com pelo menos três pessoas diferentes. Mas com um detalhe, em três ligações diferentes! Por que eles se acham tão auto-suficientes que não passam ligação para ninguém resolver ! Ou então é por que já sabem que ninguém vai conseguir resolver mesmo! Se eles mesmos não conseguem, já abrem um tal de chamado para um técnico ir até a sua casa verificar o problema! Mas, como eu insistia com outras ligações até conseguir o que queria, tive que cancelar esses chamados umas três vezes!
O caos estava instaurado!! Fazia tempo que não perdia tanto tempo (é redundância, eu sei, mas acontece que foi muito tempo mesmo!) por causa da Internet Rápida!! Nem mesmo, quando ela não era tão rápida assim! Sem falar que minha mãe não entendia o porquê agora com essa nova Internet, com a qual o telefone não ficava ocupado, eu não desgrudava do telefone!!
Bem que o meu técnico em informática me alertou no dia que liguei, todo cheio de pompa, dizendo que ele já poderia vir instalar o modem para mim, pois, o pessoal da operadora havia liberado o sinal:
– Quando falam isso demora mais uns quinze dias!! hahahahahaha – E eu não quis acreditar!!
Depois dessa breve explanação da demora na instalação da minha tão sonhada Internet Rápida, vou contar, numa próxima postagem, a história do poder da persuasão das operadoras do tele-marketing ou de quem presta suporte para elas!! Eu nunca consegui distinguir um do outro!!
Em breve, a continuação da saga!

Nenhum comentário: