8 de ago de 2007

Por falar em aquecimento...



Não vai resolver o problema, mas já não era sem tempo. Que surjam imitadores!

Congresso americano aprova lei para reduzir aquecimento

Do Yahoo

Câmara dos Representantes americana deu um passo sem precedentes para reduzir as emissões de gases estufa e, por conseqüência, o aquecimento global, ao aprovar uma extensa lei de energia que obriga as companhias elétricas a gerarem 15% da produção com energia solar e eólica.

A lei foi aprovada sábado na Câmara por 241 votos contra 172, apesar da intensa oposição das grandes companhias de petróleo e de gás e da Casa Branca, que ameaçou vetar a medida.

Uma disposição da lei estabelece etapas graduais para reduzir o papel dos combustíveis fósseis na geração de energia, impondo pela primeira vez parâmetros federais, sob os quais as companhias terão que produzir 15% de sua eletricidade com energia solar, eólica e outras fontes renováveis até o ano de 2020.

Apenas 6,1% do atual consumo de energia dos Estados Unidos tem como origem fontes renováveis, segundo números do governo.

O novo parâmetro, segundo fontes do Congresso, resultará na redução de 500 milhões de toneladas de emissões de dióxido de carbono, um dos principais gases que contribuem para o aquecimento global.

Nenhum comentário: